Notícias

ATUALIZAÇÃO DE NORMAS DE PUBLICAÇÃO NA REVISTA ALTERJOR

2020-08-03

ATUALIZAÇÃO DAS NORMAS DE PUBLICAÇÃO (Agência USP de Gestão da Informação Acadêmica)

Em conformidade com a Agência USP de Gestão da Informação Acadêmica, o envio de trabalhos na Revista Alterjor, deverão ser observados os requisitos recomendados para o CADASTRO de METADADOS. Esse procedimento é obrigatório para todos os trabalhos enviados a partir de agosto de 2020, com previsão de publicação no primeiro semestre de 2021 - os autores devem preencher corretamente as informações para facilitar a indexação e melhorar a visualização dos trabalhos em bases de dados eletrônicas. Exemplos: Títulos dos trabalhos em Caixa Alta e Caixa Baixa, ORCID (de todos os coautores), Palavras-chave inseridas com a tecla Enter. Observe que não será permitido colocar no campo "Afiliação" a sigla da instituição; a nomenclatura institucional deve ser escrita por extenso.

Saiba mais sobre ATUALIZAÇÃO DE NORMAS DE PUBLICAÇÃO NA REVISTA ALTERJOR

Edição Atual

v. 22 n. 2 (2020): Jornalismo Popular e Alternativo
					Visualizar v. 22 n. 2 (2020): Jornalismo Popular e Alternativo

A Revista Alterjor chega à 22ª edição com muitas novidades na pesquisa em Comunicação Social. Em meio aos desafios da pandemia, as tendências do jornalismo, surge a evidência do rádio como mídia instantânea na contemporaneidade em meio à necessidade da importância da informação de qualidade como uma paráfrase do sociólogo Herbert Marcuse: tão perto e tão longe.

Publicado: 2020-07-15

Crônicas

Artigos

Especiais

Ver Todas as Edições

A revista Alterjor é uma publicação semestral do Grupo de Pesquisas Alterjor (ECA/USP), que tem como foco o jornalismo popular e alternativo. O primeiro termo se define pelas práticas jornalísticas realizadas em organizações do movimento social e popular, incluindo o chamado Terceiro Setor, que tenham, como objetivos centrais, o fortalecimento institucional de tais organizações e a socialização de temáticas que envolvam a defesa da cidadania e que defendam o protagonismo de segmentos sociais não hegemônicos. Já o jornalismo alternativo se conduz pelas experiências de jornalismo nas diversas mídias que tenham, como objetivo central, fomentar o debate público sobre as mesmas temáticas delimitadas na definição de jornalismo popular. Com isso, Alterjor convida o leitor a pensar sobre a viabilidade da democratização da comunicação para todos os segmentos da sociedade.