TIRAS RADICCI- O DESPERTAR DE SENTIDOS DE MODERNIDADE E PÓS-MODERNIDADE NAS TIRINHAS DE HUMOR

  • Francys Albrecht da Rosa
Palavras-chave: Tirinhas, Estudos Culturais, Teoria da Imagem, Plasticidade, Radicci.

Resumo

O trabalho consiste na análise das tirinhas Radicci, do cartunista Iotti, e tem como objetivo verificar como o choque cultural na relação pai e filho é representado visualmente, nas tirinhas, no contexto da modernidade/pós-modernidade, através das significações plásticas. A metodologia utiliza o método dedutivo e trabalha com a pesquisa qualitativa de imagens que são investigadas pela Teoria da Imagem de Villafañe (2006). Os sentidos despertos dão subsídio para a análise semântica pelos autores Kumar (2006), Hall (2011), Bauman (1999) e Giddens (2002) no que tange aspectos dos Estudos Culturais. O aporte teórico juntamente à análise possibilitou encontrar resultados referentes aos sentidos produzidos através das estratégias de imagem, a forma como o sujeito colono é representado em comparação à representação do jovem alternativo e urbano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francys Albrecht da Rosa
Bacharel em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), graduanda do curso de Ciências Sociais pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). E-mail: ar.francys@gmail.com
Publicado
2017-12-15
Como Citar
da Rosa, F. (2017). TIRAS RADICCI- O DESPERTAR DE SENTIDOS DE MODERNIDADE E PÓS-MODERNIDADE NAS TIRINHAS DE HUMOR. Anagrama, 11(2). Recuperado de http://www.revistas.usp.br/anagrama/article/view/141515
Seção
Artigos