Subversões em Lavoura arcaica, de Luiz Fernando Carvalho

  • Felipe Nascimento Gaze Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes)
  • Wolmyr Aimberê Alcantara Filho
Palavras-chave: Lavoura arcaica; análise fílmica; subversão; Theodor Adorno; Max Horkheimer.

Resumo

O artigo faz uma análise do filme Lavoura arcaica (2001), de Luiz Fernando Carvalho, baseado no romance homônimo de Raduan Nassar, de 1975. A primeira parte apresenta uma síntese da trama e aponta como a rebeldia do personagem André seria, ao final, uma subversão àquela estrutura familiar que busca em Horkheimer um entendimento da família como local de aparelhamento ideológico para manutenção do poder dominante na sociedade burguesa. A segunda parte recorre à teoria estética de Adorno, que entende que forma e estrutura social caminham juntas na obra de arte, para mostrar que a subversão em Lavoura arcaica vai além do conteúdo, repousando também na sua forma, algo próximo da narrativa não-linear da obra escrita.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-10-14
Como Citar
Gaze, F., & Alcantara Filho, W. (2019). Subversões em Lavoura arcaica, de Luiz Fernando Carvalho. Anagrama, 13(2). Recuperado de http://www.revistas.usp.br/anagrama/article/view/160020