O ciberativismo como ferramenta de grandes mobilizações humanas: das revoltas no Oriente Médio às ações pacíficas do Greenpeace no Brasil

  • Fernando Jacinto Anhê Santos Universidade Anhembi Morumbi
Palavras-chave: Ciberativismo, Revoltas Populares, Sakineh, Brasil, Greenpeace

Resumo

O presente texto aborda a utilização das infovias da informação como ferramentas para grandes mobilizações humanas, que deram origem às revoltas populares em países do Oriente Médio. Aborda os conceitos que definem o ciberativismo e sua utilização por movimentos civis organizados em tempos de revoluções e também de paz, na defesa dos Direitos Humanos, como aconteceu no caso da iraniana Sakineh Ahstiani, condenada à morte por apedrejamento. Dedica-se especialmente ao estudo de caso do ciberativismo no Brasil, a partir do Greenpeace

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernando Jacinto Anhê Santos, Universidade Anhembi Morumbi
Aluno do curso de Marketing da Universidade Anhembi Morumbi (campus Avenida Paulista)
Publicado
2011-06-12
Como Citar
Santos, F. (2011). O ciberativismo como ferramenta de grandes mobilizações humanas: das revoltas no Oriente Médio às ações pacíficas do Greenpeace no Brasil. Anagrama, 5(1), 1-7. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/anagrama/article/view/35590
Seção
Artigos