A Contribuição das Histórias em Quadrinhos de Super-Heróis para a Formação de Leitores Críticos

  • Rafael Laytynher Silva
Palavras-chave: histórias em quadrinhos, ideologias, super-herói, formação de leitores críticos

Resumo

As histórias em quadrinhos surgiram entre o final do século XIX e começo do século XX. Elas passaram a ser chamadas assim, quando foram introduzidos balões com falas de personagens nos desenhos. Por serem um produto de grande circulação, muitas mensagens ideológicas foram inseridas nas histórias e na composição dos personagens. Assim, esse artigo busca estudar o gênero textual “histórias em quadrinhos”: sua origem, importância e simbolismo na história contemporânea; entender o conceito de herói, super-herói e anti-herói, exemplificando a partir da composição dos personagens Batman, Superman e O Justiceiro; pesquisar sobre ideologias nas histórias em quadrinhos e nos personagens citados e observar como o leitor pode ser estimulado à prática da leitura crítica por meio do conhecimento de tais ideologias

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafael Laytynher Silva
Graduado em Letras e Artes pela Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC.
Publicado
2011-06-12
Como Citar
Silva, R. (2011). A Contribuição das Histórias em Quadrinhos de Super-Heróis para a Formação de Leitores Críticos. Anagrama, 5(1), 1-12. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/anagrama/article/view/35596
Seção
Artigos