O Antes, o Depois e as Principais Conquistas Femininas

  • Ramaiane Costa Santos Universidade Estadual de Santa Cruz
  • Sandra Maria Pereira do Sacramento Universidade Estadual de Santa Cruz
Palavras-chave: Século XIX, Mulher, Conquistas, Mercado de trabalho.

Resumo

O presente artigo analisa a condição feminina no século XIX assim como suas principais conquistas e rupturas para ter uma condição de vida melhor. Durante o século XIX a mulher era submissa e vivia confinada à esfera doméstica podendo sair somente se fosse acompanhada por um homem não tendo ao menos a liberdade de escolher seu marido. Este era selecionado pelo pai tendo como critério de escolha seus interesses financeiros. Na atualidade observa-se uma ruptura feminina com os padrões do passado demonstrando as várias faces da mulher como mãe, esposa, dona-de-casa, ativa no mercado de trabalho, etc. seu papel não se resume mais a procriação e nem aos afazeres domésticos, passando a ser um sujeito ativo na sociedade em defesa de sua nova postura

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ramaiane Costa Santos, Universidade Estadual de Santa Cruz
Discente do curso de Letras da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). Bolsista de Iniciação Científica (2010-2011) com o projeto Clara dos Anjos: a realidade feminina negra numa sociedade etnocêntrica financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (FAPESB)
Sandra Maria Pereira do Sacramento, Universidade Estadual de Santa Cruz
Docente, orientadora da pesquisa, professora titular em Teoria da Literatura (UESC/DLA) e coordenadora do Mestrado em Linguagens e Representações. Doutora em Letras Vernáculas - Literatura Brasileira pela UFRJ
Publicado
2011-06-24
Como Citar
Santos, R., & Sacramento, S. (2011). O Antes, o Depois e as Principais Conquistas Femininas. Anagrama, 5(1), 1-10. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/anagrama/article/view/35598
Seção
Artigos