Uma relação concreta: A prática do futebol em São Paulo e os Estádios do Parque Antarctica e do Pacaembu

  • Fernando Atique Universidade Federal de São Paulo; Departamento de História
  • Diógenes Sousa Pontifícia Universidade Católica de Campinas
  • Hennan Gessi Universidade Federal de São Paulo

Resumo

Ao relacionar a introdução do futebol na cidade de São Paulo, seu desenvolvimento e a atração de torcedores, o artigo procura mostrar como esta prática esportiva tornou-se não apenas cultural, mas também material na Pauliceia. De maneira específica, o artigo analisa como dois dos principais estádios paulistanos foram forjados, e como as arquiteturas do Parque Antarctica, na Água Branca, e do Pacaembu, no bairro homônimo, possibilitaram o desenvolvimento e a celebração de uma tecnologia construtiva: a do concreto armado. O artigo explora, então, alguns caracteres de identidade da capital paulista: o futebol e o concreto armado, tecendo considerações sobre esta relação indelével, embora pouco explorada em nossa historiografia.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2015-06-01
Como Citar
Atique, F., Sousa, D., & Gessi, H. (2015). Uma relação concreta: A prática do futebol em São Paulo e os Estádios do Parque Antarctica e do Pacaembu. Anais Do Museu Paulista: História E Cultura Material, 23(1), 91-109. https://doi.org/10.1590/1982-02672015v23n0104
Seção
Estudos de Cultura Material