Da fotografia como arte à arte como fotografia: a experiência do Museu de Arte Contemporânea da USP na década de 1970

  • Helouise Costa Universidade de São Paulo; Museu de Arte Contemporânea
Palavras-chave: Museu de arte, Fotografia artística, Coleção fotográfica, Museu de Arte Moderna de São Paulo, Bienal de São Paulo, Museu de Arte Contemporânea, Universidade de São Paulo

Resumo

Este ensaio visa sistematizar os primeiros resultados de uma pesquisa, ainda em curso, sobre o processo de legitimação da fotografia pelo sistema de arte no Brasil, cujo foco principal é o museu. Os museus de arte da cidade de São Paulo foram escolhidos para dar início a essa investigação. Primeiramente, será abordada, em linhas gerais, a presença da fotografia no Museu de Arte Moderna de São Paulo e na Bienal de São Paulo, dada a vinculação de origem do Museu de Arte Contemporânea com essas duas instituições paulistanas. Na seqüência será analisada a formação do acervo fotográfico do Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo durante a década de 1970. Por fim, esse percurso permitirá observar que a atuação de Walter Zanini, o primeiro diretor do Museu, e as particularidades da posição do MAC-USP no sistema de arte no Brasil naquele período resultaram no entendimento da fotografia prioritariamente no âmbito da arte contemporânea de caráter experimental e não como obra de arte autônoma, segundo os princípios da chamada fotografia artística.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2008-12-01
Como Citar
Costa, H. (2008). Da fotografia como arte à arte como fotografia: a experiência do Museu de Arte Contemporânea da USP na década de 1970 . Anais Do Museu Paulista: História E Cultura Material, 16(2), 131-173. https://doi.org/10.1590/S0101-47142008000200005
Seção
Museus