Entre ideal e real: estética e política no último quadro de Jacques Louis David – uma leitura benjaminiana

Autores

  • Francisco De Ambrosis Pinheiro Machado Universidade Federal de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2178-0447.ars.2018.132562

Palavras-chave:

Arte, política, Walter Benjamin, Jacques-Louis David, neoclassicismo

Resumo

O presente artigo propõe uma leitura interpretativa do quadro Marte desarmado por Vênus e pelas Graças, de Jacques Louis David. Esta obra rompe de modo peculiar com os cânones da estética neo-classicista. Por isso, teve e ainda tem uma recepção complexa e contraditória. Este artigo buscará mostrar que o quadro manifesta de modo consequente a posição de David tanto em relação ao debate estético da época, quanto à situação política na Europa no período da Restauração. O método que orienta a presente leitura inspira-se na concepção figurativa da história de Walter Benjamin.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francisco De Ambrosis Pinheiro Machado, Universidade Federal de São Paulo

Professor Doutor no Departamento de Filosofia da EFLCH - UNIFESP. Pesquisa nas áreas de Estética e Filosofia da Arte, particularmente sobre obra de Walter Benjamin e outros autores em torno da Teoria Crítica.

Downloads

Publicado

2018-08-27

Como Citar

Machado, F. D. A. P. (2018). Entre ideal e real: estética e política no último quadro de Jacques Louis David – uma leitura benjaminiana. ARS (São Paulo), 16(33), 101-123. https://doi.org/10.11606/issn.2178-0447.ars.2018.132562

Edição

Seção

Artigos