Fazendo arte e cinema (ou “quasi-cinema”) com Hélio Oiticica

  • Andreas Valentin Universidade Estadual do Rio de Janeiro
Palavras-chave: Hélio Oiticica, Andreas Valentin, super-8, fotografia

Resumo

De 1959 a 1966, Andreas Valentin foi aluno de Hélio Oiticica, que lhe ensinou técnicas de pintura, colagem com objetos encontrados e como preparar suas próprias tintas utilizando pigmentos industriais, terra, areia e cola PVA. Essas aulas eram mais um campo para a invenção e a experimentação na própria obra de Oiticica. Reencontraram-se em 1970, quando Oiticica se estabeleceu em Nova Iorque, após ter exibido seus Ninhos na exposição “Information” no MoMA. Em seu loft na Segunda Avenida – Babylonests – e em sua moradia seguinte – Hendryxsts – na Christopher Street, conceberam e realizaram projetos de cinema e fotografia. A partir das experiências pessoais do autor, foram analisados neste artigo os procedimentos e os resultados dessas colaborações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andreas Valentin, Universidade Estadual do Rio de Janeiro

Andreas Valentin é fotógrafo, pesquisador e curador. Doutor em História Social (UFRJ), com uma pesquisa sobre a fotografia amazônica do alemão George Huebner (1862-1935). Mestre em Ciência da Arte (UFF) e graduado em História da Arte e Cinema (Swarthmore College, Pennsylvania, EUA). É professor-adjunto de Fotografia e História da Arte da UERJ. Em 2014 e 2015 realizou pesquisa pós-doutoral sobre fotografia brasileira e alemã nos anos 1950 no Instituto de História da Arte da Freie Universität Berlin, na Alemanha. Foi aluno e colaborador do artista Hélio Oiticica. É membro efetivo da Associação Brasileira de Antropologia que, em 2004, lhe concedeu o Prêmio Pierre Verger de Fotografia. Em 2015, foi vencedor do Prêmio Marc Ferrez de Fotografia da Funarte, com o projeto “Berlin<>Rio: Trajetos e Memórias”.

Publicado
2017-10-27
Como Citar
Valentin, A. (2017). Fazendo arte e cinema (ou “quasi-cinema”) com Hélio Oiticica. ARS (São Paulo), 15(30), 217-232. https://doi.org/10.11606/issn.2178-0447.ars.2017.133594
Seção
Depoimento