A questão da moda moderna brasileira no Instituto de Arte Contemporânea do Museu de Arte de São Paulo (IAC-Masp) entre 1950 e 1953

Palavras-chave: moda brasileira, ensino do design de moda, modernismo brasileiro, cadeia têxtil

Resumo

Trata-se de estudo sobre a importância histórica de iniciativas e obras em relação à moda moderna brasileira, no espaço pioneiro do Instituto de Arte Contemporânea do Museu de Arte de São Paulo (IAC-Masp) no contexto de suas atividades entre 1950 e 1953. Análise baseada no periódico Habitat, principal órgão modernista do Masp, bem como na revista O Cruzeiro. Foi proposto contribuir com a abordagem desse capítulo da moda moderna brasileira, pouco valorizado, mas relevante naquele contexto bem como nos dias atuais. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Soraia Pauli Scarpa, Universidade de São Paulo

Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Têxtil e Moda na Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH-USP/Leste) (2017). Possui graduação em Produção Editorial pela Universidade Anhembi Morumbi (2004). Pesquisadora de história do design, design têxtil e de moda. Linha de pesquisa: Papel social da arte e do design na cultura brasileira.

Antonio Takao Kanamaru, Universidade de São Paulo

Doutor em Arquitetura e Urbanismo (Design) pela FAU/USP (2006). Mestre em Artes (Artes Visuais) pelo IA/UNESP (2000). Professor com Licenciatura Plena em Educação Artística-Habilitado em Artes Plásticas pelo Instituto de Artes da UNESP (1996). Atualmente docente no Bacharelado Têxtil e Moda da EACH/USP-Leste. 

Publicado
2018-12-23
Como Citar
Scarpa, S., & Kanamaru, A. (2018). A questão da moda moderna brasileira no Instituto de Arte Contemporânea do Museu de Arte de São Paulo (IAC-Masp) entre 1950 e 1953. ARS (São Paulo), 16(34), 177 - 205. https://doi.org/10.11606/issn.2178-0447.ars.2018.135302
Seção
Artigos