A exposição “Artistas da URSS dos últimos 15 anos” e o combate aos 'formalistas'

Autores

  • Thyago Marão Villela Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2178-0447.ars.2018.148165

Palavras-chave:

Realismo socialista, Kazimir Malevich, Stalinismo

Resumo

A exposição "Artistas da URSS dos últimos 15 anos" (1933-1934) foi um marco no processo de instituição do realismo socialista pelo governo soviético. Na segunda montagem da mostra, em Moscou, as obras dos artistas considerados "formalistas", como Kazimir Malevich, Aleksandr Drevin e Nadezhda Udal’tsova, foram expostas de modo difamatório e foram violentamente atacadas pela imprensa. Quais os dispositivos curatoriais mobilizados para operar tal perseguição? Porque expor e difamar os artistas referidos?

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thyago Marão Villela, Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas

Doutorando em Sociologia pela Unicamp e Mestre em Artes Visuais pela ECA - USP.

Downloads

Publicado

2018-08-27

Como Citar

Villela, T. M. (2018). A exposição “Artistas da URSS dos últimos 15 anos” e o combate aos ’formalistas’. ARS (São Paulo), 16(33), 125-145. https://doi.org/10.11606/issn.2178-0447.ars.2018.148165

Edição

Seção

Artigos