Manifestações da Liberdade

A Lei Áurea em Rio Grande, RS

  • Letícia Conceição de Souza Universidade Federal do Rio Grande (UFRG)
Palavras-chave: Rio Grande, Lei Áurea, Coluna pela Liberdade dos Escravos

Resumo

A Lei Áurea (1888) foi um evento marcante e problemático na história nacional. Frequentemente, os discursos propagados em torno dela excluem a participação da população negra no processo pela devolução da liberdade. O mesmo ocorre com as imagens decorrentes desse episódio, que refletem a ideologia e os valores da época sob o ponto de vista, principalmente, das classes sociais abastadas. À população negra foram atribuídos arquétipos específicos, amplamente disseminados. Este artigo discorrerá sobre a Coluna pela Liberdade dos Escravos, monumento realizado na cidade de Rio Grande, no Rio Grande do Sul, no contexto acima referido, a partir da perspectiva que busca considerar as operações de exclusão e representatividade envolvidas em sua criação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Letícia Conceição de Souza, Universidade Federal do Rio Grande (UFRG)

Letícia Conceição de Souza é formada em artes visuais, com ênfase em História Teoria e Crítica da Arte na Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Atualmente, cursa mestrado em História da Arte (UNIFESP). Atua como pesquisadora em História da Arte em assuntos que perpassam a Lei Áurea.

Publicado
2019-12-30
Como Citar
Souza, L. (2019). Manifestações da Liberdade. ARS (São Paulo), 17(37), 277-289. https://doi.org/10.11606/issn.2178-0447.ars.2019.165383
Seção
Diálogos com a Graduação