Variações da cor preta e negra na pintura de Eduardo Sued

  • Marcela Rangel
Palavras-chave: Eduardo Sued, pintura brasileira, cor, tinta preta, campo cromático

Resumo

Eduardo Sued transforma o pigmento preto de sua paleta física em campos cromáticos em suas pinturas. Ele costuma diferenciar a cor preta da cor negra. Diz que o preto torna-se negro à medida que a escuridão e a intensidade vão se apossando dele. Para Sued, o preto permite o passeio apenas em sua superfície, enquanto no negro há profundidade. "Há noites pretas e noites negras!" Nesta entrevista, Sued discorre sobre o que fomenta sua produção pictórica, em especial o uso que faz da tinta preta para criar seus pretos e seus negros.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2009-01-01
Como Citar
Rangel, M. (2009). Variações da cor preta e negra na pintura de Eduardo Sued . ARS (São Paulo), 7(14), 30-47. https://doi.org/10.1590/S1678-53202009000200003
Seção
Arte, tecnologia e novas mídias