Cenários infantis latino-americanos: apontamentos sobre processos cênicos emergentes da ação cultural

Autores

Palavras-chave:

ação cultural com crianças, subjetividade infantil, pedagogia teatral, teatro latino-americano com crianças

Resumo

A criação de núcleos de formação teatral infantil no interior de coletivos alinhados à perspectiva de teatro de grupo é uma constante no teatro latino-americano. Muitos dos processos formativos e de criação cênica desses núcleos estão associados a diferentes modalidades de ação cultural, configurando uma significativa quebra das fronteiras entre os âmbitos da criação artística com crianças e a pedagogia. Nesse sentido, o presente trabalho pretende mostrar, nesse contexto regional, experiências artísticas associadas a modalidades de ação cultural, nas quais o vínculo entre práticas cênicas e estratégias de transformação social abrem vertentes possíveis de reflexão pedagógica para o teatro com crianças na região.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luvel Garcia Leyva, Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo

Crítico e pesquisador teatral, doutorando do Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo, com Estágio de Pesquisa em andamento orientado pela Prof.ª Dra. Maria Lúcia de Souza Barros Pupo na área de Pedagogia do Teatro, Bolsista de doutorado da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), processo no 2016/11789-2.

Referências

ALMEYDA, M. Crecer en el desierto. Arte para el desarrollo. Lima: SINCO Editores, 2003.

CANCLINI, N. Culturas híbridas: estrategias para entrar y salir de la modernidad. DF. México: Grijalbo, 2001.

CARPENTIER, A. El reino de este mundo. México: Compañía General de Ediciones, 1973. Disponível em: <http://bit.ly/2jVxsXW>. Acesso em: 14 nov. 2016.

CORREA, A. Documental Guayabo: Taller de Teatro. Lima. Grupo Cultural Yuyachkani, 1994. Disponível em: <https://goo.gl/cpU8Hv>. Acesso em: 10 ago. 2016.

COSTA, M. L. C. C. América Latina: Cartografias Poéticas. In: ENCONTRO DE HISTÓRIA DA ARTE (EH) DA UNICAMP, VIII, 2012, São Paulo. Resumos… São Paulo: Programa de Pós-graduação em História do Departamento de História do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da UNICAMP, 2012, p. 439-447.

DUBATTI, J. Introducción a los estudios teatrales. México: Libros de Godot, 2011.

DURÓN, H. Documental Machurrucutu – Teatro Latinoamericano. La Habana. EICTV, 1990. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=b7wfr_OGCCw>. Acesso em: 10 ago. 2016

GALICH, M. Nuestros primeros padres. La Habana: Casa de las Américas, 2013.

LAMUS OBREGÓN, M. Geografías del teatro en América Latina. Un relato histórico. Bogotá: Luna Libros, 2010.

LARROSA, J. Dar a palavra: notas para uma dialógica da transmissão. In: LARROSA, J.; SKLIAR, C. Habitantes de Babel: políticas e poéticas da diferença. Tradução de Semíramis Gorini da Veiga. Belo Horizonte: Autêntica, 2001. p. 281-295.

LEYVA, L. G. A cruzada das crianças: sinais históricos nas performances e no teatro cubano. 2015. Dissertação (Mestrado em Pedagogia do Teatro) – Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015.

______. Del niño actor al niño performer: concepciones pedagógicas en la historia del teatro con niños. La Habana: Editorial Caminos, 2009.

NOGALES, I. Teatro Trono. El mañana es hoy. Teatro con niños y adolescentes de la calle. La Paz: Faz/Compa, 1998.

PINTO, W. El teatro: una alternativa para la expresión, el intercambio y la organización infantil en sectores populares. Conjunto, La Habana, n. 87, p. 35-44, abr./jun. 1991.

PUPO, M. L. de S. B. Para alimentar o desejo de teatro. São Paulo: Hucitec, 2015.

RIBEIRO, D. A América Latina existe? In: Ensaios insólitos. Porto Alegre: L&PM, 1979. p. 217- 225.

SAFATLE, V. Viver sem esperança é viver sem medo: Tempo, política e afeto. 2015. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=fAPrVtcwQ0M>. Acesso em: 10 jun. 2016.

TEIXEIRA COELHO, J. A cultura e seu contrário. São Paulo: Iluminuras, 2008.

______. Dicionário crítico de política cultural. São Paulo: Iluminuras, 1997.

______. O que é ação cultural. São Paulo: Brasiliense, 1988.

Downloads

Publicado

2017-02-15

Como Citar

Garcia Leyva, L. (2017). Cenários infantis latino-americanos: apontamentos sobre processos cênicos emergentes da ação cultural. Revista Aspas, 6(2), 81-97. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/aspas/article/view/119016