Cartografia de uma criação colaborativa: a encenação rapsódica do espetáculo Alto mar

Autores

  • Phelippe Celestino Universidade de São Paulo

Palavras-chave:

rapsódia, processo colaborativo, teatro contemporâneo

Resumo

Este artigo compreende um breve estudo e análise do processo de criação do espetáculo Alto Mar. Debruça-se sobre o detalhamento e investigação do conceito de rapsódia, a fim de pensar sua aplicabilidade cênica, postulando assim uma encenação rapsódica. Além disso, traz à tona apontamentos e considerações sobre o conceito de processo colaborativo. Tem-se como objetivo demonstrar como esses conceitos possuem relações políticas, estéticas e ideológicas de ruptura com a tradição dramática e realista quanto à concepção de teatro de cunho clássico e burguês.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Phelippe Celestino, Universidade de São Paulo

Mestrando em História do Teatro no PPGAC/ECA/USP. Formado em Direção Teatral. Desenvolve pesquisas na área de encenação, dramaturgia e história do teatro brasileiro.

Referências

ALTHUSSER, L. Sobre Brecht e Marx (1968). Revista Crítica Marxista, Campinas, v. 24, p. 51-62, 2007.

ARAÚJO, A. A encenação no coletivo: desterritorializações da função do diretor no processo colaborativo. 2008. Tese (Doutorado) – Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008.

______. A gênese da vertigem: o processo de criação de O Paraíso Perdido. São Paulo: Perspectiva, 2011.

BAILLET, F.; BOUZITAT, C. Montagem e colagem. In: SARRAZAC, J.-P. (org.). Léxico do drama moderno e contemporâneo. São Paulo: Cosac Naify, 2012. p. 119-123.

BAKHTIN, M. Problemas da poética de Dostoievski. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1981.

FOUCAULT, M. Nascimento da biopolítica: curso dado no College de France (1978-1979). São Paulo: Martins Fontes, 2008.

JOLLY, G.; PLANA, M. Teatralidade. In: SARRAZAC, J.-P. (org.). Léxico do drama moderno e contemporâneo. São Paulo: Cosac Naify, 2012. p. 178-181.

MATHER, D. Viewpoints e o método Suzuki: uma palestra com Donnie Mather. O Percevejo Online, Rio de Janeiro, v. 2, n. 2, p. 1-8, dez. 2010.

PELBART, P. P. Biopolítica. Sala Preta, São Paulo, v. 7, p. 57-66, jan. 2007.

SARRAZAC, J.-P. O futuro do drama. Porto: Campo das Letras, 2002.

SZONDI, P. Teoria do drama burguês. São Paulo: Cosac & Naify, 2004.

Downloads

Publicado

2017-02-15

Como Citar

Celestino, P. (2017). Cartografia de uma criação colaborativa: a encenação rapsódica do espetáculo Alto mar. Revista Aspas, 6(2), 136-162. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/aspas/article/view/119106