O complexo de Penélope

  • Daniel Manzoni de Almeida Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)

Resumo

Neste conto exponho a história de Eliseu: um jovem de classe média alta, cisgênero, branco, homossexual e profissionalmente reconhecido. Aparentemente, bem-sucedido aos padrões da estrutura da sociedade brasileira. Porém, ainda falta um amor em sua vida. Na busca desse relacionamento, Eliseu é como o mito de Penélope, na Odisseia de Homero, subvertido: em vez de esperar, procura por seu amado construindo no dia as possibilidades de uma relação, mas a destruindo à noite com facilidade o pouco que construiu, sempre na busca de uma felicidade pautada nas normas de uma sociedade heteronormatizada e sem referências claras de amor-gay.

Palavras-chave: Literatura LGBT; Conto LGBT.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel Manzoni de Almeida, Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)

Doutorando em Teoria e História Literária pelo Instituto de Estudos da Linguagem (IEL), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). É professor, pesquisador de Ciências e escritor. Nome artístico: Daniel Manzoni.

Referências

HOMERO, ODISSEIA. Tradução Manoel Odorico Mendes (1799-1864), e-book Brasil, 2009

Publicado
2018-08-06
Como Citar
Almeida, D. (2018). O complexo de Penélope. Revista Aspas, 8(1), 302-314. https://doi.org/10.11606/issn.2238-3999.v8i1p302-314