O Teatro de Arte de Moscou e seus arquivos

ao vivo e em cores, muitas cores

Palavras-chave: Arquivos, Bibliotecas, Museus, Stanislavski

Resumo

O Teatro de Arte de Moscou (TAM) foi fundado em 1898 por Konstantin Aleksiêiev (cujo nome artístico era Stanislavski) (1863-1938) e por Vladimir Niemiróvitch-Dântchenko (1858- 1943). Toda sua documentação, produzida ao longo de 121 anos de atividade, é rica fonte de informações para o pesquisador que pretende se aprofundar nas inúmeras possibilidades investigativas que uma companhia de teatro oferece, desde as técnicas de interpretação e direção até a documentação de administração e a correspondência pessoal entre os membros da companhia. Neste artigo, desejo abordar o que o TAM ofereceu à minha pesquisa sobre trajes de cena nas encenações de Stanislavski, sob as diferentes perspectivas documentais apresentadas por Johanna W. Smit e Viviane Tessitore para arquivos, bibliotecas e museus.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fausto Viana, Universidade de São Paulo

É professor de cenografia e indumentária do Departamento de Artes Cênicas da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP). É mestre em moda e em teatro, doutor em artes e em museologia, e fez pós-doutorado em conservação de trajes e em moda. Fez sua livre-docência na ECA-USP sobre o trabalho do cenógrafo Campello Neto. Organiza exposições de trajes e cria trajes de cena para espetáculos teatrais. É autor de diversos livros, entre eles Dos cadernos de Sophia Jobim, desenhos e estudos de história da moda e da indumentária.

Publicado
2019-08-29
Como Citar
Viana, F. (2019). O Teatro de Arte de Moscou e seus arquivos. Revista Aspas, 9(1), 43-62. https://doi.org/10.11606/issn.2238-3999.v9i1p43-62