Jacó Guinsburg

  • Miriam Rinaldi Tikinet

Resumo

O nome de Jacó Guinsburg há muito pertence à história do mercado editorial brasileiro, o que se justifica pela extensa e insubstituível produção da Editora Perspectiva, mas, sobretudo, à história das artes da cena, devido à sua incontável colaboração ao pensamento estético e crítico, da teoria e da prática teatral, no Brasil. A envergadura de sua atuação é tão ampla, que passaram por ele as mais importantes figuras do cenário cultural entre artistas e pesquisadores espalhados nas principais entidades, faculdades e palcos de nosso tempo. Ao longo dos 27 anos em que lecionou na Universidade de São Paulo e mais outros tantos em que, mesmo depois de aposentado, se dedicou à orientação de pesquisa, guiou pessoas como: José Possi Neto, Cacá Rosset, Luiz Roberto Galizia, Sílvia Fernandes, Silvana Garcia, Ingrid Dormien Koudela, João Roberto de Faria, Rosangela Patriota, Sandra Chacra, Beth Lopes, Gabriel Vilela, Antônio Araújo, Cibele Forjaz, Maria Thais, Sérgio de Carvalho, William Pereira, Lúcia Romano, Sérgio Salvia Coelho, Márcio Marciano, Matteo Bonfitto, Johana Albuquerque, Abílio Tavares, Bosco Brasil, Sônia Azevedo, Isa Kopelman, Armando Sérgio Silva, Renato Cohen… só para citar alguns. O professor Jacó Guinsburg é uma referência ímpar: um farol.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Miriam Rinaldi, Tikinet

Atriz, professora e pesquisadora, continua sua pesquisa em Viewpoints, tema de seu doutorado. Atualmente trabalha como supervisora de Artes Cênicas do Serviço Social da Indústria (Sesi-SP).

Publicado
2019-05-06
Como Citar
Rinaldi, M. (2019). Jacó Guinsburg. Revista Aspas, 8(2), 238-242. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/aspas/article/view/157786