Pensando o teatro como lugar de detenção e a atuação como estado de suspensão e irradiação

Autores

  • Maritza Farías Cerpa Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes

Palavras-chave:

atuação, formação atoral, interpretação, Michael Chekhov

Resumo


Este texto apresenta brevemente o projeto de mestrado Pensando o teatro como lugar de detenção e a atuação como estado de suspensão e irradiação - Uma proposta pedagógico-artística para o ator, baseado no diálogo da prática dos procedimentos de Michael Chekhov e na ética- estética proposta pelo Simbolismo de Maeterlinck, que visa oferecer uma possibilidade de criação cênica autoral do atuante. A pesquisa projeta a elaboração de um procedimento metodológico, concebido em um aprendizado sensível e técnico no processo de formação do ator, através de ferramentas práticas e concretas que expandam as potencialidades do corpo do ator. Como exteriorizar e fazer ver o movimento interior de um corpo? Como tornar visível o invisível? Como fazer presente o que aparentemente está ausente?

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maritza Farías Cerpa, Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes

Mestranda em Artes Cênicas/USP. Área de Concentração: Pedagogia de Teatro

Downloads

Publicado

2011-10-07

Como Citar

Cerpa, M. F. (2011). Pensando o teatro como lugar de detenção e a atuação como estado de suspensão e irradiação. Revista Aspas, 1(1), 124-130. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/aspas/article/view/62856

Edição

Seção

Artigos