Viagem a um Real Desfamiliarizado: Performatividade da Tecnologia na Cena Contemporânea

Autores

  • Eli Borges Júnior Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes

Palavras-chave:

encenações digitais, performatividade tecnológica, teatro e tecnologias digitais.

Resumo

O presente trabalho pretende refletir sobre alguns dos temas desenvolvidos em pesquisa de mestrado que procura investigar e descrever os impactos das tecnologias digitais sobre as formas de ação na cena contemporânea. Neste texto, fazemos um recorte que busca elucidar como a tecnologia passa a apresentar uma “performatividade” em cena, noção que nos foi inspirada pela Profa. Josette Féral. Com a finalidade de demonstrar como a tecnologia, de forma cada vez mais destacada, passa da coxia ao espaço cênico, apresentamos, a partir de Meyerhold e Piscator, alguns dos aspectos — como os deslocamentos entre ficcional e real — que identificamos como decisivos e precursores de uma nova forma de conceber a presença não humana em cena para, então, reiterá-la em exemplos atuais que aqui brevemente expusemos por meio das metaencenações dos grupos Phila 7, Wooster Group e Ubu.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eli Borges Júnior, Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes

Instituição: Escola de Comunicações e Artes/Universidade de São Paulo. Tipo de vínculo: Mestrado em Ciências da Comunicação. Área de estudo e nome do orientador: Comunicação e Ambiências em Redes Digitais/Prof. Dr. Massimo Di Felice. Estágio da pesquisa: período de estudos no Departamento de Teatro da Universidade de Paris VIII. Bolsa de fomento: FAPESP

Downloads

Publicado

2013-12-01

Como Citar

Borges Júnior, E. (2013). Viagem a um Real Desfamiliarizado: Performatividade da Tecnologia na Cena Contemporânea. Revista Aspas, 3(1), 61-73. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/aspas/article/view/68386

Edição

Seção

Artigos