SOCIOLOGIA DA INFÂNCIA E JOGOS TEATRAIS: territórios de uma pedagogia teatral

Autores

  • Sidmar Silveira Gomes Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo.

Palavras-chave:

Jogo Teatral, Sociologia da infância, Teatro e Infância.

Resumo

O presente artigo relata uma experiência de abordagem de trechos da dramaturgia de Romeu e Julieta, de William Shakespeare, por meio de jogos teatrais de Viola Spolin e de jogos tradicionais. Tendo a criança como sujeito dessa experiência, pretende-se com esse percurso a emersão de seus modos de ser e estar e a percepção de sua posição de sujeito de cultura, como demonstrado pelos estudos da sociologia da infância. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sidmar Silveira Gomes, Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo.

Departamento de Artes Cênicas - ECA/USP - Pedagogia do Teatro

Referências

CORSARO, W. A. A reprodução interpretativa no brincar de faz-de-conta das crianças. Educação, Sociedade e Cultura. N. 17, p. 113-134, 2002.

______. The Socilogy Of Childhood. Thousand Oaks: Pine Forge, 1997.

HUIZINGA, Joan. Homo Ludens. São Paulo: Perspectiva, 2000.

SARMENTO, Manuel. As Culturas da Infância Nas Encruzilhadas da Segunda Modernidade. Braga, 2004. Disponível em

SARMENTO, Manuel; GOUVEA, Maria Cristina Soares de. (Org.). Estudos da Infância: Educação e Práticas Sociais. Petropolis, RJ: Vozes, 2009.

SHAKESPEARE, William. Romeu e Julieta. Santiago do Chile: Editora Lord Cochrane, 1988.

SPOLIN, Viola. Improvisação para o Teatro. São Paulo: Perspectiva, 2001.

Downloads

Publicado

2014-12-08

Como Citar

Gomes, S. S. (2014). SOCIOLOGIA DA INFÂNCIA E JOGOS TEATRAIS: territórios de uma pedagogia teatral. Revista Aspas, 4(2), 58-67. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/aspas/article/view/84751