A edição 6.2 da Revista Aspas volta-se para as metodologias de criação, pesquisa e ensino das atividades cênicas que se dedicam a ações político-estéticas latino-americanas do século XXI. Através dos recentes processos políticos da América Latina, torna-se necessário refletir sobre como são planejados, produzidos e realizados os trabalhos cênicos que dialogam com as transformações que estes países têm vivido nas últimas décadas. Quais serão as tensões específicas e os procedimentos que circunscrevem os trabalhos vinculados a questionamentos políticos e estéticos nesses contextos? Indagar-se a partir do ponto de vista metodológico como são desenvolvidos os dispositivos cênicos de criação das intervenções, ações cênicas, performances e espetáculos teatrais que têm como premissa um objetivo político-estético será o principal foco desta publicação.
Publicado: 2017-02-15

Forma Livre