Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Stratigraphy of the Iguapé-Cananéia lagoonal region sedimentary deposits, São Paulo State, Brazil: part I: field observations and grain size analysis

Kenitiro Suguio, Setembrino Petri

Resumo


No presente trabalho discutimos a história geológica dos eventos quaternários na planicie litorânea do Sul do Estado de São Paulo, na área conhecida como região lagunar Iguape-Cananéia, tomando por base observações de campo e estudos de granulometria dos sedimentos, tanto de amostras coletadas pelos A., bem como das obtidas de dois poços profundos perfurados pelo Instituto Geográfico e Geológico do Estado de São Paulo (I.G.G.) e de perfurações rasas executa das pela Geobrás S/A, Engenharia e Fundações. Os resultados de análises granulométricas permitiram confirmar nos ambientes atuais e reconhecer nos ambientes pretéritos de sedimentação os seus mecanismos deposicionais. As areias regressivas, tipo "blanket sands" ou 'sheet sands' (KRUMBEIN e SLOSS. 1963, p. 550), já reconhecidas por autores prévios como depósitos praias, embora sem uma caracterização muito clara, são aqui definidas de modo pormenorizado. Tais areias têm importância preponderante na geologia regional da planície litorânea, não só porque ocupam grandes extensões superficiais desta planície, mas também porque, como consequência da sua persistência, constituem-se em importante fonte fornecedora de detritos para os subambientes atuais. Para essa unidade litológica propõe-se a denominação Formação Cananéia. As sequências transgressivas e regressivas, sotopostas à Formação Cananéia, somente puderam ser reconhecidas e estudadas graças às sondagens do I.G.G.

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2316-8978.v4i0p01-20

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.