Age and growth of the southeastern Brazilian sardine, Sardinella brasiliensis

  • Suzana Anita Saccardo Superintendência do Desenvolvimento da Pesca
  • Carmen L. D. B Rossi-Wongtschowski Universidade de São Paulo; Instituto Oceanográfico
  • Maria Cristina Cergole Superintendência do Desenvolvimento da Pesca
  • Maria Mercedes Bittencourt Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Palavras-chave: Determinação da idade, Leitura de otólitos, Curvas de crescimento, Penodos de desova, Metodologia, Sardinella brasiliensis, Atlantico Sul Ocidental, Rio de Janeiro, São Paulo, Parana, Santa Catarina, Brasll^i2^scosta sude

Resumo

A idade da sardinha Sardinella brasiliensis foi determinada pelo exame de otólitos de exemplares provenientes de desembarques da pesca comercial e artesanal, na área compreendida entre 22ºS (Cabo Frio, RJ) e 28ºS (Cabo de Santa Marta, Grande, SC), durante o período 1981-83. Este estudo e parte de um programa mais amplo de nominado "Programa Integrado de Estu dos Biológicos sobre Sardinha", desenvolvido na região sudeste do Brasil desde 1981, objetivando conhecer as variações dos parâmetros biológicos da espécie, e fornecer subsídios a avaliação pesqueira do recurso. Foram contados os anéis translúcidos dos otolitos, colocados inteiros em recipientes de fundo preto, imersos em álcool 70% e iluminados com luz incidente sob estereomicroscópio binocular. Além das contagens, foram efetuadas medidas das distancias do núcleo do otolito ao bordo, e do núcleo a cada anél translúcido, bem como observações da natureza do bordo. Foram utilizados três métodos para determinar a época e periodicidade de formação dos anéis. Os parâmetros de crescimento La03car01.jpg;, K e t0 foram estimados, e as curvas ajustadas usando-se a equação de von Bertalanffy. Os resultados mostraram que os otolitos possuem de 0 a 7 anéis, sendo formados dois anéis por ano: um entre novembro-dezembro, e outro entre março-abril. Estas épocas estão intimamente ligadas ao período de reprodução. Descreveu-se um método para a determinação da idade de sardinha, tendo sido identificadas clas ses etárias de 0 a 3 anos. Verificou-se também a ocorrência de dois grupos de peixes dentro de um dado período de de sova (outubro e março), que representa riam individuos que nascem no início da estação de desova, e aqueles que nas cem posteriormente; ambos grupos formam uma classe anual. Os parâmetros de crescimento obtidos foram: classe anual 1982: Lt = 230,99 [1-e-0,7225(t+0,2496)] classe anual 1983: Lt = 226,09 [1-e-0,7194(t+0,3432)].
Publicado
1988-01-01
Seção
Artigos