Importance of the macrofauna for the feeding of young fish species from infralittoral of Arrozal - Cananeia lagoon estuarine region (25º02'S-47º56'W): Brazil

  • Yoko Wakabara Universidade de São Paulo; Instituto Oceanógrafico
  • Airton S Tararam Universidade de São Paulo; Instituto Oceanógrafico
  • Maurea N Flynn Universidade de São Paulo; Instituto Oceanógrafico
Palavras-chave: Crustáceos, Marismas, Berçários, Predadores, Espécies dominantes, Conteúdo estomacal, Cananéia, SP, Brasil

Resumo

O objetivo do presente trabalho foi avaliar a importância da macrofauna do infralitoral, adjacente a marisma do Arrozal, região de Cananéia, na dieta alimentar de doze espécies de peixes jovens. De acordo com os resultados obtidos, a região pode ser considerada um berçário para muitas espécies de peixes. A macrofauna local é composta principalmente de crustáceos e apresenta uma acentuada variação temporal. Misidáceos foram dominantes na primavera, copépodes no verão, misidáceos e bivalves foram co-dominantes no outono e anfípodes no inverno. Misidáceos, copépodes, ostrácodes, tanaidáceos e outros crustáceos epifaunais foram mais consumidos pelos peixes macropredadores que outros itens. Os peixes capturados foram divididos em três grupos, de acordo com os hábitos tróficos: comedores de misidáceos, comedores de copépodes e "generalistas" que refletiu a variação sazonal da macrofauna. Setenta e cinco por cento das espécies de peixes predadores alimentaram-se de organismos bentônicos e bentopelágicos e vinte e cinco por cento de organismos pelágicos. Assim, no infralitoral de Cananéia - Arrozal os organismos bentônicos e bentopelágicos constituem a principal fonte alimentar de peixes jovens.
Publicado
1993-01-01
Seção
nd