Ocorrências de anticorpos anti-Toxoplasma gondii, Neospora spp. e Sarcocystis neurona em equinos e cães do município de Pauliceia, São Paulo, Brasil

  • Solange Oliveira Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Medicina Veterinária Preventiva e Saúde Animal
  • Natalia Quadros Bessa Silva Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Medicina Veterinária Preventiva e Saúde Animal
  • Iara Silveira Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Medicina Veterinária Preventiva e Saúde Animal
  • Marcelo Bahia Labruna Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Medicina Veterinária Preventiva e Saúde Animal
  • Solange Maria Gennari Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Medicina Veterinária Preventiva e Saúde Animal
  • Hilda Fátima Jesus PENA Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Medicina Veterinária Preventiva e Saúde Animal
Palavras-chave: Toxoplasmose, Neosporose, Mieloencefalite protozoária equina, RIFI

Resumo

Amostras de soro de 116 equinos e 47 cães provenientes do município de Paulicéia, São Paulo, foram testadas para detecção de anticorpos anti-Toxoplasma gondii, -Neospora spp. e -Sarcocystis neurona por meio da reação de imunofluorescência indireta (RIFI). Apenas um equino, entre 116 equinos testados, teve diagnóstico soropositivo para T. gondii (0,9%), e três deles (2,6%) apresentaram anticorpos anti-Neospora spp. Entretanto, 27 equinos apresentaram anticorpos anti-S. neurona (23,8%). Nas amostras de cães, dez dos 47 animais apresentaram anticorpos anti-T. gondii (21,3%) e três tiveram diagnóstico soropositivo para Neospora caninum (6,4%). Este estudo relata que no município de Paulicéia os cães das áreas urbana e rural foram expostos a T. gondii e N. caninum, enquanto os equinos da área rural foram expostos aos três protozoários estudados, com alta ocorrência de anticorpos anti- S. neurona.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-11-24
Como Citar
Oliveira, S., Silva, N., Silveira, I., Labruna, M., Gennari, S. M., & PENA, H. F. (2017). Ocorrências de anticorpos anti-Toxoplasma gondii, Neospora spp. e Sarcocystis neurona em equinos e cães do município de Pauliceia, São Paulo, Brasil. Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, 54(3), 277-282. https://doi.org/10.11606/issn.1678-4456.bjvras.2017.123956
Seção
NOTA PRÉVIA