Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Felinos domésticos parasitados por carrapato Rhipicephalus sanguineus sensu lato (s.l.) infectados por Ehrlichia canis no Brasil - relato de caso

Ísis Assis Braga, Isis Indaiara Gonçalves Granjeiro Taques, Jackeliny dos Santos Costa, Ingrid Savino de Oliveira Dias, Estefânia Crivelatti Grontoski, Thaysa Felfili Ziliani, Andréia Lima Tomé Melo, Daniel Moura de Aguiar

Resumo


Os ectoparasitos são capazes de transmitir patógenos incluindo algumas bactérias, como a Ehrlichia sp., causando doenças em animais domésticos. Pouco se conhece sobre a epidemiologia da erliquiose felina, embora alguns estudos já tenham sido realizados para elucidar a sua patogenia e transmissão. Este trabalho relata a primeira infecção mútua por Ehrlichia sp. entre um felino doméstico e o carrapato Rhipicephalus sanguineus sensu lato (s.l.) removido deste animal. Ambos foram testados pela Reação em Cadeia pela Polimerase (PCR) para detectar o gene dsb, e as sequências analisadas confirmaram amostras 100% idênticas à E. canis. Baseado neste relato é discutida a importância dos gatos como vetores de E. canis e sua posição no ciclo de transmissão de carrapatos entre cães e gatos no Brasil.


Palavras-chave


Gatos; Erliquiose; Doença transmitida por carrapato; Infecção

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.1678-4456.bjvras.2017.128222

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.