Fatores nutricionais relacionados ao controle glicêmico e lipídico de cães diabéticos: revisão de literatura

  • Fabio Alves Teixeira Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Clínica Veterinária
  • Marcio Antonio Brunetto Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Nutrição e Produção Animal
Palavras-chave: Nutrição, Canino, Diabetes mellitus, Amido, Fibra

Resumo

Diabetes Mellitus é uma desordem crônica que resulta em hiperglicemia pela deficiência absoluta ou relativa de insulina, que gera complicações que podem levar à morte. O sucesso do tratamento do cão diabético depende da aplicação de insulina e do adequado manejo nutricional. Estudos que avaliaram aspectos nutricionais de cães diabéticos focavam na fibra dietética como o principal fator controlador da glicemia, porém novas pesquisas apontam o amido como principal responsável pelas respostas glicêmicas pós-prandiais e atribuem importante papel ao escore de condição corporal e ao manejo alimentar no adequado controle glicêmico de cães diabéticos. O objetivo deste trabalho é revisar os principais aspectos da nutrição de cães diabéticos para o melhor controle da doença.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-12-31
Como Citar
Teixeira, F., & Brunetto, M. (2017). Fatores nutricionais relacionados ao controle glicêmico e lipídico de cães diabéticos: revisão de literatura. Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, 54(4), 330-341. https://doi.org/10.11606/issn.1678-4456.bjvras.2017.133289
Seção
ARTIGO DE REVISÃO