Esporotricose - gato como fonte de infecção em foco epidêmico familiar em Guarulhos, São Paulo: relato de caso

  • Leandro Haroutune Hassesian Galati Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Clínica Médica
  • Jane Tomimori Universidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Medicina, Departamento de Dermatologia
  • Carlos Pelleschi Taborda Universidade Federal de São Paulo, Instituto de Ciências Biomédicas
  • Nilceo Schwery Michalany Laboratório Paulista de Dermatopatologia
  • Carlos Eduardo Larsson Júnior Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Clínica Médica
  • Carlos Eduardo Larsson Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Clínica Médica
Palavras-chave: Esporotricose, Zoonose, Dermatologia, Gato, Ergodermatose

Resumo

A esporotricose é uma dermatozoonose que tem como agentes etiológicos fungos do gênero Sporothrix. É responsável por quadros micóticos ditos de implantação. Essa micose, de características antropo e saprozoonóticas e cujas principais fontes de infecção são os felinos domésticos, o solo e os vegetais, tem sido responsável por surtos epizoóticos e epidêmicos no sul e sudeste brasileiro. Este relato apresenta o caso de um felino diagnosticado e tratado para esporotricose pelo Serviço de Dermatologia do Hospital Veterinário da FMVZ/USP, após ter sido encaminhado pelo Departamento de Dermatologia da EPM/Unifesp, onde os proprietários do animal estavam sendo tratados para esporotricose humana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leandro Haroutune Hassesian Galati, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Clínica Médica
Dermatologia Veterinária
Jane Tomimori, Universidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Medicina, Departamento de Dermatologia
Dermatologia
Carlos Pelleschi Taborda, Universidade Federal de São Paulo, Instituto de Ciências Biomédicas
Micologia Médica
Nilceo Schwery Michalany, Laboratório Paulista de Dermatopatologia
Dermatohistopatologia
Carlos Eduardo Larsson Júnior, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Clínica Médica
Dermatologia Veterinária
Publicado
2017-12-31
Como Citar
Galati, L., Tomimori, J., Taborda, C., Michalany, N., Larsson Júnior, C. E., & Larsson, C. E. (2017). Esporotricose - gato como fonte de infecção em foco epidêmico familiar em Guarulhos, São Paulo: relato de caso. Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, 54(4), 439-444. https://doi.org/10.11606/issn.1678-4456.bjvras.2017.133772