Gengivostomatite crônica felina com infecção por calicivirus

relato de caso

  • Aline Silvestrini da Silva Universidade Federal de Viçosa, Programa de Pós-Graduação em Medicina Veterinária
  • Fernanda Campos Hertel Universidade Federal de Viçosa, Programa de Pós-Graduação em Medicina Veterinária
  • Mayara Pereira Lotério Universidade Federal de Viçosa, Programa de Pós-Graduação em Medicina Veterinária
  • Jéssica Miranda Cota Universidade Federal de Viçosa, Programa de Pós-Graduação em Medicina Veterinária
  • Bruna Giannakopoulos Rodrigues Universidade Federal de Viçosa, Programa de Residência em Medicina Veterinária
  • Marcus Rebouças Santos Universidade Federal de Viçosa, Programa de Pós-Graduação em Medicina Veterinária
  • Emily Correna Carlo Reis Universidade Federal de Viçosa, Departamento de Medicina Veterinária
Palavras-chave: Gengivostomatite crônica felina, Felinos, Interferon, Calicivírus

Resumo

A gengivostomatite crônica felina (FCGS) é uma condição inflamatória oral que frequentemente afeta felinos. A sua etiologia não está bem definida, mas acredita-se que vários agentes virais possam estar envolvidos. Muitos protocolos terapêuticos têm sido descritos, no entanto, a resposta ao tratamento é frequentemente variável e o sucesso terapêutico é transitório com uma duração imprevisível. Portanto, a estratégia terapêutica precisa ser adaptada para cada paciente. O presente trabalho propõe a caracterização do envolvimento viral na etiopatogenia da doença como uma alternativa aos métodos mais amplamente utilizados, que muitas vezes frustram médicos veterinários e os donos de animais de estimação.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-11-06
Como Citar
da Silva, A., Hertel, F., Lotério, M., Cota, J., Rodrigues, B., Santos, M., & Reis, E. (2018). Gengivostomatite crônica felina com infecção por calicivirus. Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, 55(3), e141344. https://doi.org/10.11606/issn.1678-4456.bjvras.2018.141344
Seção
RELATO DE CASO