Carcinoma de células escamosas em bovinos, ovinos e eqüinos: estudo de 50 casos no sul do Rio Grande do Sul

  • Adriano Tony Ramos Universidade Federal de Pelotas, Faculdade de Veterinária, Departamento de Patologia Animal, Pelotas, RS
  • Diego Mollerke Norte Universidade Federal de Pelotas, Faculdade de Veterinária, Departamento de Patologia Animal, Pelotas, RS
  • Fabiana Elias Universidade Federal de Pelotas, Faculdade de Veterinária, Departamento de Patologia Animal, Pelotas, RS
  • Cristina Gevehr Fernandes Universidade Federal de Pelotas, Faculdade de Veterinária, Departamento de Patologia Animal, Pelotas, RS
Palavras-chave: Neoplasmas, Epidemiologia, Carcinoma de células escamosas, Bovinos, Ovinos, Eqüinos

Resumo

O carcinoma de células escamosas (CCE) é um tumor maligno dos queratinócitos. O desenvolvimento desse tipo de tumor está associado a muitos fatores, incluindo a exposição prolongada à luz ultravioleta, falta de pigmento na epiderme, perda de pêlos ou cobertura de pêlos muito esparsa nos locais afetados. Realizou-se um estudo retrospectivo dos casos de carcinoma de células escamosas em animais de produção (bovinos, ovinos e eqüinos) de 1978 a 2002. O material foi obtido nos arquivos do Laboratório Regional de Diagnóstico da Faculdade de Veterinária da Universidade Federal de Pelotas. Os 50 tumores do tipo carcinoma de células escamosas estavam distribuídos nas diferentes espécies (bovina: 30; ovina: sete e eqüina: 13). Dados como raça, sexo, idade e localização corpórea, dentro de cada espécie, foram tabulados. Classificaram-se os tumores segundo seu grau de malignidade em bem diferenciados a pobremente diferenciados, através de avaliação histológica. A etiologia multifatorial dos cce em animais de produção requer mais estudos retrospectivos e prospectivos, para determinar o papel de cada fator na patogênese desse neoplasma.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2007-12-03
Como Citar
Ramos, A., Norte, D., Elias, F., & Fernandes, C. (2007). Carcinoma de células escamosas em bovinos, ovinos e eqüinos: estudo de 50 casos no sul do Rio Grande do Sul. Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, 44(supl.), 5-13. https://doi.org/10.11606/issn.1678-4456.bjvras.2007.26583
Seção
NÃO DEFINIDA