Prevalência de parasitas intestinais em cães e gatos sob cuidado veterinário em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil

  • Gustavo Lorenzini Laboratório Veterinário Ltda, Porto Alegre, RS
  • Tiana Tasca Centro Universitário Metodista IPA, Porto Alegre, RS
  • Geraldo Attilio De Carli Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Faculdade de Farmácia, Laboratório de Parasitologia Clínica, Porto Alegre, RS
Palavras-chave: Doenças parasitárias, Cães, Gatos, Enteropálios parasitários (prevalência)

Resumo

O parasitismo gastrintestinal é uma das principais causas de doenças em animais domésticos. Para o estudo da prevalência de enteroparasitos foram utilizadas amostras fecais de animais de diferentes áreas da cidade de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, as quais foram enviadas ao Laborvet (Laboratório Veterinário Ltda), durante o período de janeiro de 2002 a dezembro de 2004. O objetivo deste estudo foi determinar a prevalência de parasitos gastrintestinais em cães e gatos, submetidos aos cuidados de médicos veterinários. Em 1761 amostras examinadas, 1473 (83,6%) eram de cães e 288 (16,4%) de gatos. Resultados positivos, nos quais foram encontrados pelo menos um parasito, foram de 26,6% (392) para amostras de cães e 20,5% (59) para as de gatos. Em ambos hospedeiros, Ancylostoma spp., Toxocara spp., Isospora spp. e Giardia spp. foram os parasitos mais encontrados. Animais de 0 a 6 meses obtiveram uma alta infecção por parasitos intestinais com 39,5% para cães e 29,5% para gatos. Isospora spp. e Toxocara spp. foram os parasitos mais diagnosticados. O verão foi a estação que apresentou a maior prevalência de parasitos com 30% para cães e 27,6% para gatos. Quando comparou-se o monoparasitismo com o poliparasitismo, a presença de um único parasito foi mais freqüente em cães e gatos (23,8% e 19,4% respectivamente). Nosso estudo demonstrou a prevalência de parasitos intestinais causadores de zoonoses presentes em cães e gatos. É essencial manter animais domésticos sob cuidados do médico veterinário para evitar infecções por parasitos intestinais entre animais de estimação e o homem.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2007-04-01
Como Citar
Lorenzini, G., Tasca, T., & De Carli, G. (2007). Prevalência de parasitas intestinais em cães e gatos sob cuidado veterinário em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil. Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, 44(2), 137-145. https://doi.org/10.11606/issn.1678-4456.bjvras.2007.26652
Seção
NÃO DEFINIDA