Índices corporais para o cavalo pantaneiro

  • Concepta Margaret McManus Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Brasília, DF
  • Sandra Aparecida Santos Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Centro de Pesquisa Agropecuária do Pantanal, Corumbá, MS
  • Joaquim A. da Silva Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Pantaneiro, Poconé, MT
  • Helder Louvandini Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Brasília, DF
  • Urbano Gomes Pinto de Abreu Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Centro de Pesquisa Agropecuária do Pantanal, Corumbá, MS
  • José Robson Bezerra Sereno Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Centro de Pesquisa Agropecuária do Pantanal, Corumbá, MS
  • Arthur da Silva Mariante Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Recursos Genéticos e Biotecnologia, Brasília, DF
Palavras-chave: Componentes corporais, Correlações, Herdabilidade, Medidas lineares

Resumo

Foram estudados índices zootécnicos de 2.248 animais registrados na Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Pantaneiro (ABCCP), no período compreendido entre 1972 e 2000. Os dados foram analisados usando o programa SAS e o DFREML para estimação de parâmetros genéticos. Na análise dos índices corporais, o índice dáctilo torácico (IDT) apresentou animais intermediários (nem leves e nem aptos para tração). O índice de BARON e CREVAT também confirmou este resultado. Na determinação do índice peitoral (IP), os animais foram considerados, em geral, favoráveis à velocidade por apresentarem membros longos. Já no índice corporal (IC), a maioria dos animais não foi apta à velocidade e nem à tração (mediolíneos). Através da análise dos índices de conformação verificou-se que, em geral, os Pantaneiros são mediolíneos, aptos para velocidade e possuem bom desenvolvimento torácico, proporcionando velocidade na lida do gado e resistência a longas caminhadas. Na análise dos fatores ambientais, verificou-se que nos últimos anos alguns índices têm sofrido alterações, provavelmente devido à seleção já exercida pelo criador, que pode afetar a capacidade de adaptação dos cavalos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2008-10-01
Como Citar
McManus, C., Santos, S., Silva, J., Louvandini, H., Abreu, U., Sereno, J., & Mariante, A. (2008). Índices corporais para o cavalo pantaneiro. Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, 45(5), 362-370. https://doi.org/10.11606/issn.1678-4456.bjvras.2008.26677
Seção
NÃO DEFINIDA