Astrócitos imunorreativos à proteína glial fibrilar ácida (GFAP) em SNC de bovinos normais e de bovinos com raiva. I. Hipocampo e giro dentato

  • Gisele Fabrino Machado Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Departamento de Medicina Veterinária Preventiva, Jaboticabal, SP
  • Antonio Carlos Alessi Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Departamento de Medicina Veterinária Preventiva, Jaboticabal, SP
Palavras-chave: Astrócitos, Bovinos, Raiva.

Resumo

A proteína glial fibrilar ácida (GFAP) pertence ao grupo dos filamentos intermediários do citoesqueleto celular. Está presente nos astrócitos e em algumas células do epêndima. A identificação da GFAP é empregada para identificar astrócitos com excelente especificidade. Neste trabalho, o método imunohistoquímico da peroxidase-antiperoxidase (PAP), utilizando anticorpo primário anti-GFAP, foi empregado para estudar a distribuição e a morfologia de astrócitos no hipocampo e giro dentato de bovinos normais e também de bovinos com raiva, naturalmente adquirida. Foram utilizados cortes em parafina de material fixado em formalina tamponada. Astrócitos corados positivamente em marrom foram classificados em quatro níveis de intensidade. O número de astrócitos por mm2 foi determinado com uso de ocular integradora. Área, maior e menor diâmetro do núcleo dos astrócitos foram determinados com sistema analisador de imagens. Observou-se que bovinos com raiva mostraram astrogliose, apresentando forte imunorreatividade, aumento de tamanho do corpo celular e dos processos citoplasmáticos. Mostraram também astrocitose, sendo que, em todas as camadas do hipocampo e do giro dentato, o número de astrócitos foi maior que nos animais normais. O núcleo também se apresentava aumentado e pouco corado.
Células nervosas da região estudada não apresentavam alterações importantes. Os resultados colaboram para o conhecimento da distribuição e da morfologia de astrócitos imunorreativos à GFAP, em bovinos normais e em bovinos com raiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1997-12-01
Como Citar
Machado, G., & Alessi, A. C. (1997). Astrócitos imunorreativos à proteína glial fibrilar ácida (GFAP) em SNC de bovinos normais e de bovinos com raiva. I. Hipocampo e giro dentato. Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, 34(6), 345-348. https://doi.org/10.11606/issn.2318-3659.v34i6p345-348
Seção
PATOLOGIA ANIMAL