Efeito de diferentes veículos na suspensão de carragenina sobre a resposta inflamatória em pintos

  • Alda Maria Backx Noronha Madeira Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, São Paulo, SP.
  • Nair Massako Katayama Ito Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, São Paulo, SP.
  • Maria Regina Baccaro Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, São Paulo, SP.
Palavras-chave: Carragenina, Galinhas, Inflamação

Resumo

Este trabalho descreve o padrão de resposta de edema, aumento de permeabilidade vascular e exsudação celular induzidos pela injeção de diferentes suspensões de carragenina nos coxins plantares de 80 pintos machos, de três a quatro semanas de idade. As suspensões de carragenima 0,5% foram preparadas em: solução de Ringer-Locke (RL), solução aquosa de Glicose (G), água desmineralizada (W) ou tampão fosfato salino (PBS). Antes, e às 0:15, 0:30, 1:00, 1:30, 2:00, 2:30, 3:00, 3:30, e 4:00 horas após a injúria, o volume da pata e a permeabilidade vascular foram avaliados através de pletismografia e extravasamento de Azul de Evans respectivamente. A exsudação celular foi observada em cortes finos de tecido corado, 0:30, 1:30, 2:30 e 4:00 horas após a injeção de carragenina ou somente do veículo. A resposta inflamatória variou de acordo com a suspensão de carragenina utilizada. A suspensão C/PBS induziu uma resposta inflamatória menos intensa nos coxins plantares do que as suspensões de C/W, C/G e C/RL.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1995-12-04
Como Citar
Madeira, A. M., Ito, N., & Baccaro, M. R. (1995). Efeito de diferentes veículos na suspensão de carragenina sobre a resposta inflamatória em pintos. Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, 32(4), 213-218. https://doi.org/10.11606/issn.1678-4456.bjvras.1994.52111
Seção
CIÊNCIAS BÁSICAS