Efeitos da disponibilidade de sombra a campo sobre características reprodutivas de touros da raça Nelore (Bos indicus) criados na região Sudeste do Brasil

  • Octavio Fabián Bao Tarragó Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Reprodução Animal, Laboratório de Biotecnologia do Sêmen e Andrologia, Pirassununga, SP
  • Mariana de Paula Rodrigues Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Reprodução Animal, Laboratório de Biotecnologia do Sêmen e Andrologia, Pirassununga, SP
  • Fabiane Gilli Zaffalon Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Reprodução Animal, Laboratório de Biotecnologia do Sêmen e Andrologia, Pirassununga, SP
  • André Furugen Cesar de Andrade Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Reprodução Animal, Laboratório de Biotecnologia do Sêmen e Andrologia, Pirassununga, SP
  • Paulo Fantinato Neto Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Reprodução Animal, Laboratório de Biotecnologia do Sêmen e Andrologia, Pirassununga, SP
  • Maria Augusta Alonso Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Reprodução Animal, Laboratório de Biotecnologia do Sêmen e Andrologia, Pirassununga, SP
  • Rubens Paes de Arruda Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Reprodução Animal, Laboratório de Biotecnologia do Sêmen e Andrologia, Pirassununga, SP
Palavras-chave: Sêmen, Sombreamento artificial, Nelore, Touro

Resumo

A radiação solar é responsável pelo aumento da temperatura corpórea em touros. Uma alternativa para minimizar o estresse térmico é usar sombreamento artificial. Assim, este estudo teve como objetivo avaliar o efeito da redução do estresse térmico através da disponibilização de sombra artificial, sobre características reprodutivas de touros da raça Nelore (Bos indicus). Para isso, dez touros foram divididos em: Disponibilidade de sombra artificial (AS, n = 5) e Não-disponibilidade de sombra artificial (US, n=5). Cada grupo foi mantido em piquete de dois hectares cada, no qual a sombra para o grupo AS foi criada artificialmente. Os animais foram submetidos a avaliações clínicas-reprodutivas e análise seminal. Nenhuma interação foi observada entre os tratamentos (AS e US) e o tempo (8 coletas), para todas as variáveis analisadas (P > 0.05). Nenhum efeito significativo (P>0.05) de tratamento foi observado para os parâmetros analisados. Dessa forma, concluiu-se que a ausência de áreas sombreadas, durante o verão, não afetou negativamente as características reprodutivas como: circunferência escrotal, consistência testicular, motilidade progressiva, percentagem de células com movimentos rápidos (Computer Assisted Semen Analisys - CASA), morfologia e viabilidade espermática em touros da raça Nelore criados na região sudeste do Brasil, considerando que esse resultado pode ser diferente em outras regiões do país, onde as temperaturas ambientais são mais elevadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2013-12-09
Como Citar
Bao Tarragó, O., Rodrigues, M., Zaffalon, F., Andrade, A., Neto, P., Alonso, M., & Arruda, R. (2013). Efeitos da disponibilidade de sombra a campo sobre características reprodutivas de touros da raça Nelore (Bos indicus) criados na região Sudeste do Brasil. Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, 50(6), 482-487. https://doi.org/10.11606/issn.1678-4456.v50i6p482-487
Seção
ARTIGOS