Avaliação do bem-estar no transporte e nos currais de descanso pela ocorrência de lesões em carcaças de suínos abatidos em matadouro

  • Alexandra Sofia Esteves Universidade de Trás os Montes e Alto Douro, Escola de Ciências Agrárias e Veterinárias, Departamento de Ciências Veterinárias
  • Cristina Saraiva Universidade de Trás os Montes e Alto Douro, Escola de Ciências Agrárias e Veterinárias, Departamento de Ciências Veterinárias
  • Carla Morgado
  • Maria Fontes
  • Paulo Ribeiro
  • Kamila Soares Universidade de Trás os Montes e Alto Douro, Mestrado em Segurança Alimentar
  • Sonia Saraiva Universidade de Trás os Montes e Alto Douro, Escola de Ciências Agrárias e Veterinárias, Departamento de Ciências Veterinárias, Direção Geral de Alimentação e Veterinária
Palavras-chave: Bem-estar animal, Transporte, Indicadores lesionais, Suínos

Resumo

Bem-Estar Animal consiste no estado do animal em sua tentativa de adaptação ao meio ambiente envolvente, podendo ser medido e melhorado com a ação do ser humano. Nos últimos anos o tema “Bem-Estar Animal” tem adquirido importância, resultante das grandes preocupações com o manejo dos animais em vida e constatação da influência que este tem na qualidade da carne post mortem. Este trabalho teve como objetivo determinar o efeito do lote de suínos transportados, respectivo tamanho, tipo de trajeto e do tempo decorrido entre a origem e o abate na ocorrência de lesões, consideradas indicadores mínimos de bem-estar animal em matadouro. Nos matadouros de suínos da região norte de Portugal, foram monitorados 834 animais com relação à ocorrência de lesões compatíveis com lacerações, eritemas cutâneos, hematomas e fraturas, em cinco diferentes lotes. Pela análise global dos dados, verificou-se que as lacerações estavam presentes em 72% dos animais e foi o tipo de lesão mais frequentemente observado. Seguiram-se os eritemas cutâneos em 20%, os hematomas em 11% e as fraturas em apenas 1% dos animais. O tamanho do lote de animais transportados, a duração da viagem e o tempo de permanência no matadouro influenciaram significativamente a ocorrência das lesões monitoradas, nomeadamente lacerações, eritemas e hematomas. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandra Sofia Esteves, Universidade de Trás os Montes e Alto Douro, Escola de Ciências Agrárias e Veterinárias, Departamento de Ciências Veterinárias
Departamento de Ciências Veterinárias, Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
Publicado
2015-02-06
Como Citar
Esteves, A., Saraiva, C., Morgado, C., Fontes, M., Ribeiro, P., Soares, K., & Saraiva, S. (2015). Avaliação do bem-estar no transporte e nos currais de descanso pela ocorrência de lesões em carcaças de suínos abatidos em matadouro. Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, 51(4), 333-339. https://doi.org/10.11606/issn.1678-4456.v51i4p333-339
Seção
ARTIGOS