Morfometria do tecido conjuntivo do coração de equinos PSI

  • Eduardo Pecorali Leite Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Cirurgia, São Paulo, SP
  • Pedro Primo Bombonato Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Cirurgia, São Paulo, SP
  • Frederico Ozanam Carneiro e Silva Universidade Federal de Uberlândia, Departamento de Anatomia, Uberlândia, MG
  • Hildebrando Gomes Benedicto Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Cirurgia, São Paulo, SP
  • Marcelo Ismar Silva Santana Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Cirurgia, São Paulo, SP
Palavras-chave: Eqüinos, Coração, Tecido conjuntivo, Colágeno

Resumo

Objetivou-se, neste trabalho, estudar a proporção de tecido conjuntivo existente na fração ventricular direita e esquerda do músculo cardíaco de eqüinos da raça puro sangue inglês, buscando, através da morfometria, dados referentes à inter-relação entre o tecido conjuntivo e o tecido muscular cardíaco. Utilizaram-se corações eqüinos, machos, com idade entre 20 e 120 meses, sem alterações cardíacas. Preparou-se o material oriundo da região média do terço médio dos ventrículos, tanto da face direita quanto da esquerda, segundo as técnicas histológicas convencionais e corados com Picrosirius red, Fucsina-Paraldeido associada ao Tricromo de Gomori e Tricromo de Masson, para evidenciação das fibras conjuntivas. As lâminas foram analisadas com auxílio do Axioscópio Zeiss® acoplado ao programa de análise de imagens KS-400 Zeiss. A quantidade de tecido conjuntivo no Ventrículo Esquerdo variou de 0,008 a 24,695%; no Ventrículo Direito variou de 0,029 a 20,921%; nos corações de eqüinos da raça puro sangue inglês. Os resultados obtidos mostram que há uma complexa rede de fibras conjuntivas envolvendo as fibras do tecido muscular cardíaco e que sua quantidade e disposição é muito variada, dependendo da região estudada, animais mais jovens exibem baixa quantidade de tecido conjuntivo, também dependendo de sua atividade física.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2004-06-01
Como Citar
Leite, E., Bombonato, P., Carneiro e Silva, F., Benedicto, H., & Santana, M. (2004). Morfometria do tecido conjuntivo do coração de equinos PSI. Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, 41(3), 162-168. https://doi.org/10.1590/S1413-95962004000300003
Seção
NÃO DEFINIDA