Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Topografia dos vasos sanguíneos arteriais e venosos nos rins de Cavalos Puro Sangue Inglês

Paulo Sérgio de Moraes Barros, Wilson Machado de Souza, Rosangela Felipe Rodrigues, Juliana Plácido Guimarães, Maria Angélica Miglino, Vicente Borelli

Resumo


As doenças renais em equinos, geralmente estão associadas a problemas respiratórios e digestórios, entretanto não são frequentes as intervenções cirúrgicas neste órgão para estes animais. O estudo dos vasos sanguíneos relativos aos rins nos animais domésticos e selvagens é de fundamental importância para o entendimento de diversos aspectos de sua fisiologia e nutrição. Neste trabalho, foram utilizados 30 pares de rins de equinos Puro Sangue Inglês, dos quais 15 machos e 15 fêmeas, de diferentes faixas etárias, provenientes de doação do Jockey Club de São Paulo. Durante a necropsia dos animais, os rins unidos por meio de suas artérias e veias renais foram retirados em bloco. Em seguida, foram fixados em solução de formol a 10%, por aproximadamente 48h, para a dissecação e individualização dos componentes dos pedículos renais. Para a análise dos resultados foram demarcados os quadrantes cranioventral, craniodorsal, caudoventral e caudodorsal, com duas linhas uma craniocaudal e a outra dorsoventral. Os resultados obtidos revelaram que: os ramos arteriais da região hilar são observados no rim direito em número de dois em 50%, no esquerdo em número de dois (33,3%), os ramos arteriais na região justahilar são computados no rim direito em número de quatro a cinco em 20% e no rim esquerdo em número de seis (16,7%), e nos ramos dispostos na região extrahilar são registrados no rim direito em número de três (26,7%) e no esquerdo em número de três (20%).


Palavras-chave


Equino; Puro Sangue Inglês; Rins; Artérias renais; Veias renais

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.1678-4456.v52i1p6-14

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.