Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Mortalidade de tambacus (Colossoma macropomum x Piaractus mesopotamicus) infectados por Edwardsiella tarda

Leonardo Zamae Winckler, Ricardo Martins Santos, Milena Wolff Ferreira, Filipe Martins Santos, Tereza Cristina Leite, Gisele Braziliano de Andrade

Resumo


O presente trabalho relata um surto de mortalidade de tambacus (Colossoma macropomum x Piaractus mesopotamicus) criados em tanques escavados da Fazenda-Escola da UCDB. Os peixes apresentaram sintomas clínicos de letargia, anorexia, aumento da produção de muco, nado desordenado e comportamento de buscar a superfície da água. Ao exame necroscópico de três peixes foram evidenciadas hemorragias nas nadadeiras e pele, opacidade de córnea, hemoperitôneo, distensão e repleção da vesícula biliar e congestão e hemorragia do tubo digestivo. O exame microbiológico dos materiais coletados das lesões dos tambacus foi positivo para a bactéria Edwardsiella tarda. A análise de qualidade de água indicou grande quantidade de fitoplânctons que proliferaram em função do excesso de matéria orgânica, caracterizando a eutrofização da água. Atribuiu-se a causa da morte dos tambacus à infecção oportunista pela E. tarda, favorecida pelo desequilíbrio devido ao excesso de matéria orgânica em suspensão na água. As mortes cessaram após a correção dos parâmetros da qualidade da água do tanque.


Palavras-chave


Eutrofização; Infecção em peixes; Septicemia; Edwardsiella tarda

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.1678-4456.v52i1p63-67

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.