Detecção de Chlamydophila felis e Herpesvirus felino tipo 1 em felídeo não doméstico no Brasil

  • Meire Christina Seki Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Departamento de Patologia Veterinária Universidade Estadual do Centro Oeste, Departamento de Medicina Veterinária
  • Marcos Rogério André Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Departamento de Patologia Veterinária
  • Adriano de Oliveira Torres Carrasco Universidade Estadual do Centro Oeste, Departamento de Medicina Veterinária
  • Rosangela Zacarias Machado Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Departamento de Patologia Veterinária
  • Aramis Augusto Pinto Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Departamento de Patologia Veterinária
Palavras-chave: Chlamydia, Jaguatirica, PCR, Swab

Resumo

Poucos trabalhos descrevem a ocorrência dos agentes do complexo respiratório felino, Herpesvírus Felino tipo 1 (FHV-1) e Chlamydophila felis, e a coinfecção com o vírus da imunodeficiência felina (FIV) e leucemia viral felina (FeLV) em felinos não domésticos no Brasil. Entre 2009 e 2010, 72 amostras de swab de conjuntiva e de soro foram coletados de oito espécies de felinos não domésticos (Leopardus pardalis, Leopardus tigrinus, Panthera leo, Panthera tigris, Puma concolor, Puma yagouaroundi, Oncifelis colocolo, and Panthera onca) mantidos em cativeiro em zoológicos brasileiros. O DNA foi extraído das amostras de swab de conjuntiva para detecção de Chlamydophila sp e FHV-1 pela PCR. Anticorpos para FIV e antígeno para FeLV foram determinados pelo kit comercial de ELISA. Anticorpos para FIV foram detectados em cinco felídeos (6,9%). Nenhuma amostra foi positiva para a presença de antígeno de FeLV. Um (1,3%) dos 72 felinos não domésticos apresentou fragmentos de DNA de Chlamydophila sp e FHV-1 pela PCR. Este felino era uma jaguatirica que não apresentou anticorpos para FIV e nem antígeno para FelV. Estes resultados demonstram a ocorrência de coinfecção de C. felis e FHV-1 em uma jaguatirica (Leopardus pardalis) no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-07-01
Como Citar
Seki, M., André, M., Carrasco, A., Machado, R., & Pinto, A. (2016). Detecção de Chlamydophila felis e Herpesvirus felino tipo 1 em felídeo não doméstico no Brasil. Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, 53(2), 169-176. https://doi.org/10.11606/issn.1678-4456.v53i2p169-176
Seção
ARTIGO COMPLETO