Efeito da fonte de nitrogênio e teor de proteína bruta da dieta sobre o balanço de nitrogênio e o desempenho produtivo de vacas leiteiras

  • Marina Elena Diniz Amaral Migliano Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Nutrição e Produção Animal
  • Camila Silano Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Nutrição e Produção Animal
  • Cristian Marlon de Magalhães Rodrigues Martins Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Nutrição e Produção Animal
  • Marcos André Arcari Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Nutrição e Produção Animal
  • Marcos Veiga dos Santos Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Nutrição e Produção Animal
Palavras-chave: Metabolismo sanguíneo, Produção e composição do leite, Fonte de proteína, Digestibilidade, Eficiência do nitrogênio

Resumo

O objetivo do presente estudo foi avaliar o efeito de dois teores proteicos (PB) e duas fontes nitrogenadas na dieta de vacas leiteiras, utilizando cana-de-açúcar como forragem, sobre o consumo, digestibilidade aparente total, produção e composição do leite, e o balanço de nitrogênio. Doze vacas leiteiras Holandesas em estágio intermediário de lactação foram distribuídas em três quadrados contemporâneos, em um delineamento em quadrado latino 4 × 4, com arranjo fatorial de tratamentos 2 × 2, em períodos de 21 dias, onde os primeiros 14 dias foram destinados para a adaptação às dietas e os últimos sete para as coletas de dados e análises. As vacas foram alocadas em baias individuais em um sistema free-stall, e alimentadas com dietas totalmente misturada (TMR) “ad libitum” compostas por duas fontes nitrogenadas principais (farelo de algodão ou grão de soja crú integral) e dois níveis de proteína (130 g ou 148 g/kg de matéria seca- MS). No presente estudo, houve efeito de interação entre a fonte nitrogenada e o teor de PB sobre o consumo de MS (CMS). As vacas alimentadas com grão de soja crú integral tiveram maior CMS quando o teor de PB da dieta foi de 130 g CP/kg MS, enquanto que as vacas alimentadas com farelo de algodão apresentaram maior CMS quando o teor de PB da dieta foi de 148 g PB/kg MS. Resultado semelhante ao CMS foi observado para o consumo de matéria orgânica, enquanto que não houve efeito de interação entre fonte nitrogenada e teor de PB sobre o consumo dos demais nutrientes dietéticos. A digestibilidade aparente total da FDN foi maior quando grão de soja crú integral foi utilizado como principal fonte nitrogenada da dieta; enquanto que a digestibilidade da PB não foi alterada pelas fontes nitrogenadas. Apesar de haver alterações no CMS e na digestibilidade aparente total, no presente estudo, não houve efeito de teor de PB e fonte nitrogenada sobre a produção de leite. Como conclusão, o uso de baixo teor dietético de PB (130 g PB/kg de MS) não altera o desempenho produtivo de vacas leiteiras e pode reduzir os custos da dieta, enquanto que a escolha entre grão de soja cru integral e farelo de algodão como principais fontes nitrogenadas da dieta pode depender apenas da disponibilidade e custo, uma vez que ambos ingredientes apresentam desempenhos semelhantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-04-12
Como Citar
Migliano, M. E., Silano, C., Martins, C. M., Arcari, M., & dos Santos, M. (2016). Efeito da fonte de nitrogênio e teor de proteína bruta da dieta sobre o balanço de nitrogênio e o desempenho produtivo de vacas leiteiras. Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, 53(1), 72-87. https://doi.org/10.11606/issn.1678-4456.v53i1p72-87
Seção
ARTIGO COMPLETO