A tribo Astereae (Asteraceae) no Parque Estadual do Ibitipoca, Minas Gerais, Brasil

  • Rafael Augusto Xavier Borges Jardim Botânico do Rio de Janeiro
  • Rafaela Campostrini Forzza Jardim Botânico do Rio de Janeiro

Resumo

O presente trabalho compreende o tratamento taxonômico das espécies de Astereae ocorrentes no Parque Estadual do Ibitipoca, localizado nos municípios de Santa Rita do Ibitipoca e Lima Duarte, Minas Gerais. A tribo apresenta no local 20 espécies e quatro gêneros: Baccharis está representado por 17 espécies, enquanto Conyza, Inulopsis e Leptostelma possuem uma espécie cada. São fornecidas descrições morfológicas, ilustrações, comentários taxonômicos e dados sobre a distribuição geográfica de todos os táxons, além de uma chave de identificação das espécies.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2008-12-01
Como Citar
Borges, R., & Forzza, R. (2008). A tribo Astereae (Asteraceae) no Parque Estadual do Ibitipoca, Minas Gerais, Brasil . Boletim De Botânica, 26(2), 131-154. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9052.v26i2p131-154
Seção
nãodefinida