Anatomia funcional de Lucina pectinata (Gmelin, 1791) Lucinidae - Bivalvia

  • W. Narchi Departamento de Zoologia. Instituto de Biociências. Universidade de São Paulo
  • R. C. Farani Assis Departamento de Zoologia. Instituto de Biologia. Universidade Federal da Bahia
Palavras-chave: Anatomia funcional, Lucina pectinata

Resumo

A anatomia funcional de Lucina pectinata (Gmelin, 1791) foi estudada neste trabalho tendo sido dada atenção especial à formação do tubo inalante anterior, ao funcionamento do pé, manto, brânquias do manto, ctenídios, palpos labiais e estômago. Observações do comportamento do bivalve e o funcionamento destes órgãos permitiram verificar as adaptações relacionadas à vida em ambientes lodosos de enseadas sem arrebentação, onde existe pequena quantidade de alimento e pouco oxigênio em dissolução. Foiam analisadas a motilidade e atuação do pé, o tamanho dos palpos, ciliação do manto, do músculo adutor anterior, dos ctenídios e a estrutura e funcionamento do estomago. Os sifões são do tipo A (Yonge, 1948), os ctenídios pertencem a um novo tipo: G1, a relação entre os palpos e ctenídios é da categoria m (Stasek, 1963) e o estômago do tipo IV (Purchon, 1958).

Publicado
1980-12-13
Seção
Artigos