On social regulation in Nannotrigona (Scaptotrigona) postica latreille, with special reference to male production cycles (Hym., Apidae, Meliponinae)

  • Luci Rolandi Bego Departamento de Ecologia. Instituto de Biociências. Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Abelhas, Machos, Nannotrigona

Resumo

A produção de machos em Nannotrigona (Scaptotrigona) postica e alguns aspectos correlacionados foram investigados e os resultados mostram que os fatores extrínsecos como temperatura e precipitação, através da sua importância na determinação das floradas e subsequente aumento na disponibilidade de mel e pólen, não são fatores determinantes imediatos da alta produtividade da colônia e da produção de machos, como consequência. Os dados também sugerem uma ausência de inibição da rainha no desenvolvimento ovariano das operárias e que a produção de machos ocorre independentemente da idade fisiológica da rainha. É possível que muitos outros fatores intrínsecos como alta densidade populacional da colônia (provavelmente conseqüente de condições favoráveis de estoque de pólen e mel) sejam mais importantes na determinação da produção de machos, uma vez que colônias que apresentam uma baixa densidade populacional não produzem machos, embora os ovários das operárias estejam sempre desenvolvidos. Além disso, a produção de machos parece estar ligada à oviposição das operárias devido à relação existente entre ocorrência de machos e células de cria contendo mais do que um ovo por célula, numa mesma colônia.

Publicado
1983-12-18
Seção
Artigos