Contribution a la biologie de Peripatus acacioi Marcus et Marcus. I. Pourcentage des sexes et variations du nombre des Lobopodes dans un echantillonnage de plusieurs centaines d'individus

  • Roger Lavallard Departamento de Fisiologia. Instituto de Biociências. Universidade de São Paulo
  • Sylvia Campiglia Departamento de Zoologia. Instituto de Ciências Biomédicas. Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Peripatus acacioi

Resumo

1 - Na população utilizada da espécie Peripatus acacioi Marcus e Marcus, 1955, as fêmeas, que representam 54%, são um pouco mais numerosas do que os machos.

2 - No conjunto da amostragem examinada, o número dos apêndices locomotores ou lobópodos, varia de 24 a 29 pares e apresenta distribuição bimodal, com um modo para os animais de 26 pares e um modo para os animais de 28 pares.

3 - As fêmeas que tem de 26 a 29 pares de lobópodos apresentam maior número de apêndices locomotores do que os machos que possuem somente 24 a 27 pares.

4 - Os números mais frequentes de pares lobópodos são 26 (61,6%) e 25 (32,4%) no caso dos machos, e no caso da fêmeas, 28 (53,4%) e 27 (38%). No conjunto da amostragem os machos com 26 pares de lobópodos representam 28% e as fêmeas com 28 pares representam 29%, daí a distribuição bimodal dos números de pares de apêndices locomotores.

5 - Dezoito indivíduos ou seja 2,6%, apresentam números diferentes de lobópodos de cada lado do corpo. É mostrado qu número maior corresponde ao sexo do animal. Os animais são assim assimétricos por falta unilateral de um ou de dois apêncides locomotores.

 

Publicado
1973-12-16
Seção
Artigos