Contribution a la biologie de Peripatus acacioi Marcus et Marcus. II. Variations du poids des animaus en fonction du sexe et du nombre des Lobopodes

  • Sylvia Campiglia Departamento de Fisiologia. Instituto de Ciências Biomédicas. Universidade de São Paulo
  • Roger Lavallard Departamento de Fisiologia. Instituto de Biociências. Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Peripatus acacioi

Resumo

1 - No conjunto da amostragem, a maioria dos animais tem um peso inferior a 900 mgr e a distribuição de frequência dos pesos é bimodal com um modo entre 100 e 199 mgr e um modo entre 400 e 499 mgr.

2 - A distribuição de frequência dos pesos considerada separadamente nos machos e nas fêmeas é unimodal. O valor modal aproximado é, para os machos de 169 mgr e para as fêmeas, de 455 mgr, daí a distribuição de frequência bimodal dos pesos no conjunto da amostragem. AS fêmeas são então masi pesadas do que os machos, da ordem de 2,7 vezes.

3 - As distribuições de frequência dos pesos consideradas separadamente nos machos de 25 e 26 pares de lobópodos, são unimodais. O recobrimento dos polígonos e a distribuição unimodal de frequência dos pesos para o conjunto dos machos, mostram que o número de lobópodos não tem influência sobre o peso dos indivíduos.

4 - As distribuições de frequência dos pesos consideradas separadamente nas fêmeas de 27 a 28  pares de lobópodos apresentam irregularidades provavelmente ligadas ás gestações a aos partos. Entretanto, o ecobrimento dos polígonos e a distribuição unimodal de frequência dos pesos para o conjunto das fêmeas estabelecem que, como nos machos, o número de lobópodos não tem influência sobre o peso dos indivíduos.

Publicado
1973-12-16
Seção
Artigos