A Presença do passado na produção da cidade

as narrativas do Monte Serrat em Florianópolis/SC

  • Guilherme Galdo Ruchaud Universidade Federal de Pelotas
Palavras-chave: Passado, narrativa, Monte Serrat, Morro da Caixa, Comunidade

Resumo

O passado, reapropriado e ressignificado, tem feito parte da produção de narrativas que buscam a construção da noção de cultura de diferentes grupos. Ao mesmo tempo em que esse fenômeno se observa em uma escala ampla, por meio de aparatos de oficialidade como o Estado e a Academia, grupos à margem desses processos vem recorrendo ao passado para construir suas próprias narrativas. Nesse sentido a comunidade do Monte Serrat, localizada em Florianópolis, tem se destacado nas últimas décadas. Por meio de uma leitura crítica dos mecanismos de construção de narrativas oficiais e de uma investigação etnográfica junto à comunidade, este trabalho busca compreender de que maneiras se configuram as narrativas locais do Monte Serrat frente às oficiais da cidade, e como esses processos tem agenciado a própria produção desses territórios.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-06-19
Como Citar
Ruchaud, G. (2019). A Presença do passado na produção da cidade. Cadernos De Campo (São Paulo 1991), 28(1), 201-226. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9133.v28i1p221-226
Seção
Especial