Emoções, Gênero e Sexualidade:

apontamentos sobre conceitos e temáticas no campo da Antropologia das Emoções

Autores

  • Raphael Bispo Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Maria Claudia Coelho Professora Titular da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9133.v28i2p186-197

Palavras-chave:

Emoções, gênero, sexualidade

Resumo

Apresentação do dossiê "Emoções, gênero e sexualidade"

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Raphael Bispo, Universidade Federal de Juiz de Fora

Professor Adjunto do Departamento de Ciências Sociais e do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCSO) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), atuando como Editor-Responsável da Revista Teoria e Cultura e Coordenador do FEGS - Grupo de Pesquisa em Família, Emoções, Gênero e Sexualidade (Diretório CNPq). Mestre e Doutor em Antropologia Social pelo Museu Nacional/UFRJ. Bacharel em Ciências Sociais pela UERJ e em Comunicação Social - Jornalismo pela UFRJ. Tem experiência na área de Antropologia Urbana, cobrindo temáticas ligadas aos estudos de gênero, da sexualidade, das emoções, da juventude, do envelhecimento, das religiosidades e da comunicação de massa. Suas pesquisas analisam as chamadas culturas de massas ou midiáticas e suas interfaces com marcadores sociais da diferença como a idade, o gênero, a sexualidade e a religião. Dedica-se também ao estudo das emoções pelo prisma das ciências sociais, enfocando particularmente as dinâmicas e processos do sofrimento. Atualmente desenvolve investigações sobre: 1) gênero, emoções e religiosidades pentecostais, atentando especificamente para a prática testemunhal na conversão religiosa de artistas populares brasileiros e 2) Histórias da antropologia urbana no Brasil a partir da trajetória de Gilberto Velho.

Maria Claudia Coelho, Professora Titular da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)

Possui graduação em História pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1985), mestrado em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1989) e doutorado em Sociologia pela Sociedade Brasileira de Instrução - SBI/IUPERJ (1994). Atualmente é Professora Titular da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Antropologia Urbana, atuando principalmente nos seguintes temas: antropologia das emoções, percepções e representações da violência, teorias da dádiva, teorias da modernidade, idolatria e antropologia da comunicação de massa.

Referências

ABU-LUGHOD, Lila. Veiled Sentiments: honor and poetry in a Bedouin society. Berkeley/Los Angeles: University of California Press, 1986.
______ . Shifting politics in Bedouin love poetry. In: LUTZ, Catherine.; ABU-LUGHOD, Lila. (eds.). Language and the Politics of emotion. Cambridge: Cambridge University Press, 1990. pp. 24-45.
______. Writing against culture. In: FOX, R. (ed.). Recapturing Anthropology: Working in the Present. Santa Fe: School of American Research Press, 1991. pp: 137-154.
ABU-LUGHOD, Lila; LUTZ, Catherine. Introduction. In: LUTZ, Catherine.; ABU-LUGHOD, Lila. (eds.). Language and the Politics of emotion. Cambridge: Cambridge University Press, 1990. pp. 1-23.
BISPO, Raphael. Heterotopias emo: notas etnográficas sobre desvios e inversões da juventude emocore no Rio de Janeiro. In: VELHO, Gilberto.; DUARTE, Luiz Fernando Dias (orgs.). Juventude Contemporânea: culturas, gostos e carreiras. Rio de Janeiro: 7 Letras, 2010. pp. 27-43.
______. Jovens Werthers: amores e sensibilidades no mundo Emo. Rio de Janeiro: Multifoco, 2012.
______ . “Deus dá uma segunda chance”: sofrer e refazer mundos em testemunhos religiosos. Horizontes Antropológicos, n. 54, pp. 111-139, 2019.
COELHO, Maria Claudia. Narrativas da violência: a dimensão micropolítica das emoções. Mana, v. 16, n. 2, pp. 265-285, 2012.
COELHO, Maria Claudia; BISPO, Raphael. Emoção e experiências de vitimização: notas sobre a micropolítica das emoções. In: Anais da VII Reunião de Antropologia do Mercosul, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, 2007.
DÍAZ-BENÍTEZ, María Elvira. O gênero da humilhação: afetos, relações e complexos emocionais. Horizontes Antropológicos, n. 54, pp. 51-78, 2019.
GIACOMINI, Sonia Maria. Emoção “brega” e relações de gênero na feira de São Cristóvão: corações, corpos e mentes em transbordamento emocional. In: COELHO, Maria Claudia.; REZENDE, Claudia Barcellos. (orgs.). Cultura e sentimentos: ensaios em antropologia das emoções. Rio de Janeiro: Contra Capa/FAPERJ, 2011, pp. 27-43.
JIMENO, Myriam. Crimen pasional – contribución a una antropología de las emociones. Bogotá: Universidad Nacional de Colombia, 2004.
LUTZ, Catherine. Unnatural emotions: everyday sentiments on a Micronesian Atoll and their challenge to western theory. Chicago: The University of Chicago Press, 1988.
LUTZ, Catherine. Engendered emotion: gender, power, and the rhetoric of emotional control in American discourse. In: LUTZ, Catherine; ABU-LUGHOD, Lila (Orgs.). Language and the Politics of Emotion. Cambridge: Cambridge University Press, 1990. pp. 69-91.
OLIVEIRA, Leandro de. A “vergonha” como uma “ofensa”: homossexualidade feminina, família e micropolíticas da emoção. Horizontes Antropológicos, n. 54, pp. 141-171, 2019.
REZENDE, Claudia Barcellos; COELHO, Maria Claudia. Antropologia das Emoções. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2010.
RIOS, Fábio; COELHO, Maria Claudia. Emoção e Masculinidade no Universo do Futebol no Brasil. Cadernos Pagu (no prelo).
ROSALDO, Michelle; LAMPHERE, Louise. Introdução. In: ROSALDO, Michelle.; LAMPHERE, Louise. (coord.). A mulher, a cultura e a sociedade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, pp. 17-64, 1979.
ROSALDO, Michelle. Toward an Anthropology of Self and Feeling. In: Richard Shweder; Robert LeVine (Orgs.) Culture Theory: Essays on Mind, Self and Emotion. Cambridge: Cambridge University Press, 1984. pp. 137-57.
SILVA, William Assis da. O feitiço do jogo: masculinidades no Parque Halfeld de Juiz de Fora. Teoria e Cultura, v. 13, n. 1, pp. 68-84, 2018.
VÍCTORA, Ceres; COELHO, Maria Claudia. A antropologia das emoções: conceitos e perspectivas teóricas em revisão. Horizontes Antropológicos, n. 54, pp. 7-21, 2019.
ZAMPIROLI, Oswaldo. Tornar-se esposa, fazer-se mulher: o casamento estabelecendo gênero nas relações conjugais de mulheres trans/travestis. Teoria e Cultura, v. 13, n. 1, pp. 143-159, 2018.

Downloads

Publicado

2019-12-17

Como Citar

Bispo, R., & Coelho, M. C. (2019). Emoções, Gênero e Sexualidade:: apontamentos sobre conceitos e temáticas no campo da Antropologia das Emoções. Cadernos De Campo (São Paulo - 1991), 28(2), 186-197. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9133.v28i2p186-197

Edição

Seção

Especial